sobre watchmen

Talvez o melhor de filme de (anti?) heróis já realizado. Watchmen traz às telas uma história genial, emocionante e extremamente humana, na qual a linha que separa mocinhos, vítimas e bandidos é quase imperceptível. Os 'vigilantes' são o tipo de herói que ninguém quer ser; mas isso não torna difícil o ato de se apaixonar por eles.

1 comentários:

Micael disse...

Eu tenho muita coisa para dizer sobre esse filme. Mas vou me resumir apenas no seu início. O que foi aquilo? Uma cena de luta, brutalmente violenta com uma trilha tocando “Unforgettable”. Essa música de barzinho romântico deu a cena um ar tão inexplicável, que me limita expressar. Apena achei tão genial e lindo, que quando a cena termina com o corpo do comediante caído no asfalto em um ângulo todo retorcido e o sangue vai levando o smile, só consegui dizer uma coisa para meu primo que estava ao meu lado no cinema: “Vamos embora! Eu não consigo ver mais nada depois dessa cena.” Precisava apreciar e pensar naquilo que meus olhos tinham visto.
Mas daí vem uma sequência, que me fez esquecer a cena anterior e ficar de boca aberta. Uma sequência tão explicitamente cheia de referência e tão rica, que meu cérebro trabalhava a mil para acompanhar e mesmo assim acho que preciso de mais várias vistas nela para degustar de todo o seu teor.
Fiquei visivelmente maravilhado com o filme e cada vez mais, aprecio filmes baseados em HQ. Tão ricamente cheios de metáforas que explicitam de forma impar todas as facetas da sociedade e do ser humano.